Mineração de bitcoins: como acontece?

Entenda como funciona o garimpo de moedas virtuais:

Mineração de bitcoins: como acontece?

Entenda como funciona o garimpo de moedas virtuais:

Criação

1 Mineração

Os bitcoins não são impressos e postos no mercado por um governo. É uma moeda digital que, para ser conquistada, deve ser “minerada” – numa analogia à extração do ouro – por uma rede de computadores superpotentes.

2 Decodificação

A cada dez minutos, complexos problemas matemáticos são lançados no sistema. A primeira máquina que decifrá-los recebe como remuneração 12,5 novos bitcoins. A cada quatro anos, a recompensa diminui. Em 2012, eram 25 bitcoins por problema decifrado. Em 2020, já é certo que o valor vai reduzir para 6,25.


O sistema

Dificuldade mantida

Para conservar a dificuldade da criptografia, o sistema registra o tempo que a máquina vencedora levou para decifrar o enigma e calcula, automaticamente, a dificuldade das próximas operações. A estratégia busca manter o tempo de dez minutos para o lançamento dos novos códigos.

Competitividade

Quanto melhores os sistemas participantes, mais rápidos eles decifram a criptografia e, por consequência, mais competitivo e qualificado se torna o processo.


Vantagens e Desvantagens

Descentralização

É a primeira rede financeira descentralizada em que todos os computadores ligados ao sistema contribuem automaticamente para mantê-lo ativo e funcional.

Taxas menores

A moeda serve para compras na internet, mas também pode revolucionar o mercado de transferências monetárias, principalmente, as de alto valor. Enquanto, a taxa de operações de DOC ou TED cobrada pelos bancos tem valor médio de R$ 10, as transações por bitcoins tem custo médio de US$ 0,20.

Riscos

O bitcoin ainda é visto por muitos como uma mercadoria de troca de produtos e serviços e não como uma moeda. Valorizações recentes fizeram o mercado da mineração crescer, mas por ter cotação volátil, investimentos no setor podem render ganhos ou perdas futuras.

Fonte: Redação. Infografia: Gazeta do Povo.