Joaquim Barbosa

Ex-ministro do STF, Sem partido

Joaquim Benedito Barbosa Gomes, nascido em 07/10/1954, Advogado, pré-candidato a Presidente

Joaquim Barbosa é um jurista que se aposentou no ápice da carreira, em 2014, quando ocupava a cadeira de presidente do Supremo Tribunal Federal (STF). Ele foi um dos ministros como passagem mais marcante pela corte. Em parte, porque relatou o primeiro grande processo de corrupção do país, o mensalão, no qual pediu a condenação de 40 réus. Também protagonizou alguns dos debates mais acalorados do Supremo, como no episódio em que encerrou uma sessão após dizer ao ministro Gilmar Mendes que ele não estava falando com um de seus capangas do Mato Grosso. Seu temperamento forte e muitas vezes ríspido, levantou críticas no mundo do Direito – a ponto de a OAB do Distrito Federal negar sua inscrição como advogado após a saída do STF. Barbosa é mineiro, nasceu em 1954, e se formou em Direito em 1979 pela Universidade de Brasília. Fez mestrado e doutorado na França, e foi membro do Ministério Público Federal de 1984 até 2003. Foi indicado ao STF pelo ex-presidente Lula em 2003. Ele decidiu sair da corte antes da idade de aposentadoria compulsória, algo incomum entre ministros do Supremo.