PUBLICIDADE

Qualidade acadêmica: a produção científica no Brasil

Gráficos da produção acadêmica das universidades brasileiras e rankings comparando com as melhores do mundo, em volume de publicação e impacto científico, medido pela quantidade de citações recebidas (“CPP, citations per paper”)

Leia a matéria completa: “Tamanho não é documento”: nossas universidades produzem milhares de pesquisas, mas impacto global é pequeno

Volume de publicação

Ranking por quantidade de publicações acadêmicas

Universidade Papers P (top 10%) PP (top 10%)
1º Harvard (EUA) 33.045
7.305 22,1%
2º Toronto (Canadá) 22.151
3.088 13,9%
3º Zhejiang (China) 20.876
2.005 9,6%
4º Shanghai Jiao Tong (China) 20.406
1.773 8,7%
5º Michigan (EUA) 18.348
2.806 15,3%
6º Tsinghua (China) 16.929
2.120 12,5%
7º Johns Hopkins (EUA) 16.831
2.698 16,0%
8º USP (Brasil) 16.120
955 5,9%
9º Nacional de Seul (Coreia do Sul) 15.468
1.217 7,9%
10º Stanford (EUA) 15.364
3.441 22,4%

Impacto

Ranking de impacto, por quantidade de publicações acadêmicas no Top10 de citações recebidas

Universidade Papers P (top 10%) PP (top 10%)
1º Harvard (EUA) 33.045 7.305
22,1%
2º Stanford (EUA) 15.364 3.441
22,4%
3º Toronto (Canadá) 22.151 3.088
13,9%
4º Michigan (EUA) 18.348 2.806
15,3%
5º Oxford (Reino Unido) 14.505 2.732
18,8%
6º Johns Hopkins (EUA) 16.831 2.698
16,0%
7º MIT (EUA) 10.408 2.616
25,1%
8º Califórnia (Berkeley) (EUA) 11.811 2.557
21,6%
89º Boston (EUA) 6.095 961
15,8%
90º USP (Brasil) 16.120 955
5,9%

Impacto proporcional

Ranking de impacto, em % de publicações Top10 (citações recebidas) em relação ao total da universidade.

Universidade Papers P (top 10%) PP (top 10%)
1º Rockefeller (EUA) 1.002 316 31,5%
2º MIT (EUA) 10.408 2.616 25,1%
3º Princeton (EUA) 5.274 1.188 22,5%
4º Stanford (EUA) 15.364 3.441 22,4%
5º Harvard (EUA) 33.045 7.305 22,1%
6º Califórnia (Berkeley) (EUA) 11.811 2.557 21,6%
7º Caltech* (EUA) 5.215 1.088 20,9%
8º LSHTM** (Reino Unido) 2.022 409 20,2%
9º Instituto Weizmann (Israel) 2.526 501 19,8%
708º Guilan (Irã) 2.001 137 6,8%
709º Tabriz (Irã) 1.256 86 6,8%
710º UFSC (Brasil) 2.416 164 6,8%

*Caltech: Instituto de Tecnologia da Califórnia. **LSHTM: Escola de Higiene e Medicina Tropical de Londres.

Publicações X citações recebidas

Confira abaixo, pelo desempenho de algumas universidades, como a posição no ranking pode mudar de acordo com o número de publicações e citações recebidas:

Volume de publicação no Brasil

As 21 universidades brasileiras que constam na lista do Leiden Ranking, ordenadas por quantidade de publicações

Sudeste Sul Nordeste Centro-Oeste

Universidade UF Papers P (top 10%) PP (top 10%)
1º USP SP 16.120
955 5,9%
2º Unesp SP 5.817
298 5,1%
3º Unicamp SP 5.336
331 6,2%
4º UFRGS RS 5.040
306 6,1%
5º UFRJ RJ 4.631
277 6,0%
6º UFMG MG 3.864
226 5,9%
7º UFSP SP 3.047
134 4,4%
8º UFSC SC 2.416
164 6,8%
9º UFPR PR 2.051
100 4,9%
10º UFPE PE 1.969
97 4,9%
11º UFScar SP 1.710
111 6,5%
12º UnB DF 1.603
81 5,1%
13º UFV MG 1.554
79 5,1%
14º UFCE CE 1.548
91 5,9%
15º UFSM RS 1.502
70 4,7%
16º UFF RJ 1.441
85 5,9%
17º UFRN RN 1.247
67 5,4%
18º UEM PR 1.211
58 4,8%
19º UERJ RJ 1.167
43 3,7%
20º UFBA BA 1.062
66 6,2%
21º UFGO GO 1.037
54 5,2%

Fonte: Leiden Ranking.

Leia mais: Universidades brasileiras com milhares de pesquisas, mas impacto ínfimo