PUBLICIDADE

Dicas para cuidar bem de suas plantas

Excesso de água, insetos, falta de luz: veja alguns problemas comuns em plantas de vaso e dicas de como resolver, deixando suas plantas bonitas e saudáveis

A saúde nas folhas

As plantas têm uma maneira própria de nos dizer se estão bem. Cada espécie pode reagir de maneira diferente, mas observar as folhas ajuda a identificar eventuais problemas. Confira:

Ilustração: Planta saudável

Uma planta saudável

Ilustração: Planta com folhas murchas e pálidas

Folhas murchas e pálidas

Problema: Falta de água, ou excesso de luz ou calor

O que fazer: informe-se sobre as regas da espécie e coloque-a num lugar com mais sombra e ventilação. Se ela secou muito rápido, pode ter secado o miolo e, neste caso, é irreversível (por isso, a importância da olhada semanal).

Ilustração: Planta com pontas secas nas folhas

Folha com as pontas secas (e o caule mais fino)

Problema: Falta de luz

O que fazer: informe-se sobre a espécie e coloque-a em um lugar mais iluminado.

Folhas moles e com aparência translúcida

Problema: Excesso de água

O que fazer: informe-se sobre as regas e verifique se os furos do vaso não estão entupidos.

Ilustração: Planta com folhas amareladas

Folhas amareladas

Problema: Falta de nitrogênio (N) É mais comum na grama. Junto com o fósforo e o potássio, o nitrogênio é o principal nutriente das plantas. É vital para estrutura e para as reações enzimáticas.

O que fazer: adube com o chamado NPK, que supre os nutrientes. Também é possível usar o adubo completo que, além do NPK, possui micronutrientes.

Ilustração: Planta com folhas arroxeadas

Folhas arroxeadas

Problema: Falta do nutriente fósforo (P) É importante para o crescimento das raízes e formação de sementes, além de imprescindível na época da floração e frutificação.

O que fazer: adube com o chamado NPK, que supre os nutrientes.

Ilustração: Planta com folhas melhores com bordas amareladas e esburacadas

Folhas menores e com bordas amareladas e esburacadas

Problema: Falta de potássio (K) Ele é importante na fotossíntese e dá a resistência ao frio e às doenças.

O que fazer: adube com o NPK.

Ilustração: Planta com folhas roídas em pontos localizados

Folhas roídas em pontos localizados

Problema: Pode ser infestação de insetos As lagartas deixam um buraco mais assimétrico. O ponto roído por formigas tem bordas mais curvas e o besouro faz pequenos furos e mais no meio da folha.

O que fazer: limpe as folhas para retirar os insetos (caso eles não sejam voadores) e aplique um inseticida próprio. Caso seja o primeiro ataque, vale usar repelentes com o óleo de neen e calda de fumo.

Ilustração: Lagarta

Lagarta

Ilustração: Formiga

Formiga

Ilustração: Besouro

Besouro

Folhas com pó preto

Problema: Infestação de pulgões e cochonilhas

O que fazer: Use um inseticida sistêmico próprio para plantas. Caso seja um tempero, dê um intervalor de 20 a 30 dias para usá-lo novamente.

Ilustração: Pulgão

Pulgão

Ilustração: Cochonilha

Cochonilha

Fonte:Heloise Anne Parchen, consultora da Esal Flores e William Nikkel, engenheiro agrônomo da Chácara Flor da Suissa. Infografia: Chantal Wagner/Gazeta do Povo.